14.3.10

O Polytheama


“As moças e senhoras de Natal se vestiam de melindrosas, usavam fitas de veludo no cabelo e um “pendentif’ no pescoço. Os rapazes e senhores usavam calças de flanela, palitó listrado com lenço no bolso e sapato de duas cores.
Estavam sempre nas ‘matinées’ e ‘soirées’ do Polytheama. Tomavam refrescos e sorvetes nos intervalos do filme, no salão sorveteria que ficava no edifício.
Foi lá que o picolé se transformou em ‘poly’, por causa do nome do cinema.
Depois se transformou em história e sumiu no tempo".

(Augusto Severo Neto) – Fonte Semurb

Um comentário:

Iracema disse...

Neto, nesse cinema minha mãe ia namorar "as escondidas" com meu pai. Levei também esse texto e provoquei boas recordações nela.